Perguntas frequentes

O que é a Tejo Ambiente?         

A Tejo Ambiente é a Empresa Intermunicipal de Ambiente do Médio Tejo. Tem como objetivos garantir o abastecimento da água, o saneamento de águas residuais e a recolha de resíduos urbanos. Esta empresa é composta pelos Municípios de Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar e Vila Nova da Barquinha. 

O que se pretende com a criação da Tejo Ambiente?

Os objetivos estratégicos subjacentes à criação da Tejo Ambiente são os seguintes:

  • Promover a universalidade dos serviços
  • Assegurar a garantia da igualdade no acesso e a proteção dos interesses dos Utilizadores
  • Promover a qualidade do serviço
  • Garantir transparência e acesso à informação
  • Promover a proteção da saúde pública e do ambiente
  • Promover a eficiência e melhoria contínua
  • Contribuir para a promoção da solidariedade económica e social, do correto ordenamento do território e do desenvolvimento regional.

Como será feito o atendimento ao Utilizador em cada município?

Cada município vai ter um posto de atendimento e um centro operacional, de forma a assegurar a capacidade de resposta e a proximidade ao Utilizador.

O que vai mudar para os Utilizadores dos SMAS de Tomar?

Os Utilizadores com contratos celebrados com os SMAS de Tomar passam a ter contrato com a Tejo Ambiente de forma automática e cómoda. Todos os serviços que eram assegurados pelos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Tomar passam a ser assumidos pela Tejo Ambiente. Os Utilizadores existentes à data não têm de proceder a qualquer alteração.

O que vai mudar para os Utilizadores dos Municípios de Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal e Vila Nova da Barquinha?

Os Utilizadores dos Municípios de Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal e Vila Nova da Barquinha, não terão de proceder a qualquer alteração. Todos os serviços que eram assegurados pelos municípios mencionados, passam a ser assumidos pela Tejo Ambiente.

Os tarifários que permitem desconto na fatura da água vão manter-se?

O tarifário para famílias numerosas e social vão continuar a existir e a ser aplicados. 

Como é que os Utilizadores podem fazer os pagamentos da fatura?

Os Utilizadores podem pagar as suas faturas utilizando as referências multibanco constantes das mesmas, em qualquer dos postos de atendimento da Tejo Ambiente, ou, através de débito direto.

Os Utilizadores com o débito direto ativo têm de fazer alguma alteração?

O débito direto continua ativo. No entanto, na eventualidade de pretenderem cancelar o débito direto e proceder ao pagamento pelos métodos alternativos, devem informar os serviços da Tejo Ambiente, por escrito, até ao dia 29 de fevereiro de 2020.

Onde podem ser feitos os contratos de abastecimento de água?

Os munícipes de qualquer concelho integrante da Tejo Ambiente, podem fazer o seu contrato de abastecimento de água em qualquer posto de atendimento da empresa (Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar e Vila Nova da Barquinha).

Os acordos de pagamento que estão em vigor vão continuar a existir?

Sim, os acordos de pagamento em vigor, que estejam a ser cumpridos pelos Utilizadores dos SMAS de Tomar, bem como dos restantes municípios constituintes da Tejo Ambiente, continuarão a existir.

Onde fica o Balcão de Atendimento da Tejo Ambiente em Tomar?

O Balcão de Atendimento, no início do ano de 2020, permanecerá no mesmo local, no edifício dos Paços do Concelho.

Onde fica o Balcão de Atendimento da Tejo Ambiente em Ourém?

O Balcão de Atendimento da Tejo Ambiente em Ourém estará situado no Edifício Paço do Conde, localizado na Rua Dr. Francisco Sá Carneiro, 2490-548 Ourém (junto ao cineteatro).

O que fazer, se receber uma fatura com volumes eventualmente exagerados de consumo de água?

Deverá verificar se a leitura que consta no contador é igual ou superior à leitura que consta na fatura;

Deverá verificar se o contador está a contar (ponteiros a andar), sem que ninguém em casa esteja a consumir água;

Se for inferior, deve contactar a Tejo Ambiente através dos meios indicados na mesma ou dirigir-se ao Balcão Único, e indicar a leitura que consta no contador.

 

Um consumo exagerado faturado pode corresponder a uma das seguintes situações:

Consumo efetivo;

Erro de leitura; e se assim se confirmar, poder-se-á corrigir o erro tão rapidamente quanto possível;

Rotura na rede predial ou mau funcionamento dos dispositivos de utilização (torneiras, autoclismos, etc.), sendo que a conservação e manutenção da rede predial é da responsabilidade do respetivo proprietário.

 

Este mês a minha fatura da água foi anormalmente elevada. Será que tenho alguma rotura na minha rede predial?

Existem 2 maneiras simples de verificar se tem alguma rotura na sua rede:

Feche todas as torneiras e desligue todas as máquinas. Mantendo a torneira de segurança do contador aberta, verifique se este continua a andar. Em caso afirmativo, existirá alguma fuga na sua rede.

Ao final do dia, quando todos estiverem já deitados, confirme que tem todas as torneiras fechadas e as máquinas desligadas. Avise toda a família que não deve abrir qualquer torneira ou descarregar os autoclismos durante a noite (deixe água de reserva se assim o entender). Anote todos os algarismos do contador. De manhã, antes de utilizar a água, confirme se o contador apresenta rigorosamente a mesma leitura. Se a leitura for superior terá alguma rotura na sua rede.

Deve estar atento. Regularmente verifique e registe a leitura do contador.

 

Tenho uma fatura com leitura errada o que devo fazer?

Devo entrar em contacto com a Tejo Ambiente de imediato, através dos contactos disponibilizados.

 

O que devo fazer se o meu contador de água estiver parado?

Deve avisar imediatamente a Tejo Ambiente que procederá à sua substituição, sem qualquer custo para o utilizador.

 

Rompeu-se um cano na minha casa. Como devo proceder?

No caso de consumo excessivo de água motivado por uma fuga na instalação de um utilizador, uma rotura ou fuga de água em qualquer ponto na rede predial de distribuição de água ou nos dispositivos de utilização, deve ser promovida a reparação pelos responsáveis pela sua conservação.

Para evitar situações destas, sempre desagradáveis, em que a perda de água não ocorreu por motivo imputável à Tejo Ambiente, convém ter sempre uma boa manutenção da rede predial.

 

No caso de comprovada a rotura, tenho direito alguma redução na fatura?

Comprovada a rotura na rede predial, há lugar à correção da faturação sempre e quando o volume de água perdida não seja recolhido pelo sistema público de drenagem de águas residuais.

 

Quais são os documentos que devo apresentar?

Devo entregar fotografias que comprovem a rotura ou fatura do canalizador relativa à reparação.

 

Posso pagar a minha fatura em prestações?

O pagamento da(s) fatura(s) em prestações pode ser facultado aos utilizadores em casos excecionais, mediante requerimento devidamente fundamentado, dentro do prazo limite da referida fatura. O número de prestações mensais não pode ser superior a doze e o valor de cada uma delas não pode ser inferior ao valor médio das faturas, calculado com base nos últimos doze meses:

  1. tendo como valor mínimo dez euros (10,00 €), até um montante em dívida de até cento e vinte (120,00€), inclusive.
  2. tendo como valor mínimo quarenta e cinco euros (45,00 €), até um montante em dívida de até quinhentos e quarenta euros (540,00 €), inclusive.

Qualquer caso cujo valor seja extraordinariamente elevado, o número de prestação aprovado será avaliado pela Entidade Gestora, em função da disponibilidade económica e financeira do utilizador.

Nos casos referidos nos números anteriores, a primeira prestação vencer-se-á na data da notificação do deferimento, vencendo-se as seguintes prestações, em intervalos iguais e sucessivos de 30 dias.

A falta de pagamento de uma prestação implica o vencimento de todas as outras.

 

Quem pode pedir o acordo de pagamento?

O titular do contrato ou um seu representante legal, poderá apresentar o pedido através dos seguintes canais:

  1. Lojas Tejo Ambiente;
  2. Exposição escrita, utilizando o e-mail geral@tejoambiente.pt;
  3. Exposição escrita enviada por correio.

Para uma análise inicial, deverá fazer-se acompanhar dos seguintes elementos:

– Documento de identificação (titular/gerente/administrador)

– Cartão de Contribuinte

– Ata relativa à nomeação da administração de condomínio;

– Certidão Permanente ou Código de acesso.

Importante: Em caso de ser aprovado um plano de pagamento em prestações, o valor da primeira parcela deverá ser pago no momento da celebração do acordo.

 

Para pedidos de prestações em número superior a doze (12), o utilizador deverá comprovar a sua insuficiência económica junto do Município onde o contrato em vigor está geograficamente localizado, de forma a que seja este a informar a Tejo Ambiente, da viabilidade, ou não, do pedido vir a ser deferido.